miércoles, 20 de junio de 2007

Proverbio árabe



No digas todo lo que sabes,
No hagas todo lo que puedes,
No creas todo lo que oyes,
No gastes todo lo que tienes;
Porque:
El que dice todo lo que sabe,
El que hace todo lo que puede,
El que cree todo lo que oye,
El que gasta todo lo que tiene;

Dice lo que no conviene,
Hace lo que no debe,
Juzga lo que no ve,
Gasta lo que no tiene.

11 comentarios:

avelaneiraflorida dijo...

Uma Sabedoria eloquente!!!!!

E as imagens de que gosto muito!!!

Bjks, Ema!

Ema Pires dijo...

Obrigada avelaneira. Espero que nao leve a mal que às vezes escreva em espanhol, porque eu sei que os portugueses podem perceber muito bem o espanhol mas os meus amigos espanhóis dizem que nao entendem muito bem as postagens em portugês. É só por essa razao que às vezes nao faço a traduçao.
Muitos beijinhos e obrigada pela visita.

avelaneiraflorida dijo...

Não tem qualquer problema!

Vivemos todos no mesmo planeta, não?!!!

Gosto muito de aqui vir!!!Mesmo.

Ema Pires dijo...

Benvinda como sempre. Eu também gosto muito de passear pelo seu blogue.

Mário Margaride dijo...

Olá Ema,

Sem dúvida querida Ema! Tens toda a razão.

Poe vezes esquecemos estas regras básicas.

Um beijinho de amizade

Mário

Antonio Delgado dijo...

São mesmo elementares estas regras que tão frequentemente esquecemos. um beijo para ti e festas ao teu spock.
Bjs.
Antonio

Ema Pires dijo...

Obrigada Antonio pela tua visita. Já lhe dei um beijinho ao Spock da tua parte e tu faz uma festinha ao Ulysse da minha.

avelaneiraflorida dijo...

Quando puder, Ema, visite o meu cantinho...tenho lá uma coisinha para si!!!
Bjks

Joana DÁrc dijo...

Muito bonito ema. Deve ter uma biblioteca árabe bem recheada. Que bom.
Disse no meu blog que tem casa em Lisboa. Ainda bem porque podemos conhecer-nos assim. Em que zona de Lisboa é a sua casa? Quando vier diga. Sempre podemos comer um pastel de nata português e conhecer.
BJO

Ema Pires dijo...

Querida amiga Joana Darc, Ultimamente nao estou por casa e nao posso fazer postagens no meu blogue. Já sabe, com este meu trabalho às vezes ando pelo mundo viajando sem parar.
Pois sim tenho uma boa biblioteca de autores árabes, africanos, etc.
E naturalmente que se vou a Portugal digo-lhe e vamos comer esse pastel de nata. Seria mesmo um grande prazer querida amiga. Nao há pastéis de nata como em Portugal e em paricular nessa pastelaria de Belém. Hummmmm!

Ema Pires dijo...

Querida avelaneira, vou agora mesmo visitar o seu cantinho.
Um beijinho