martes, 31 de julio de 2007

La posesión del vacío




Como un pájaro migratorio perdido
Que contempla extrañado el inmenso azul tenebroso
Camino desligado de los juramentos de la fortuna
Hacia el invulnerable destino soterrar mis amores
En las capas mórbidas de la tierra de exilio
Ruidos de osamentas lágrimas de dolor
Gritos de espanto y canciones fúnebres
Por el camino solitario de mi oscuro viaje
Por el país de la eternidad. La luna horrible
Me lanza una mirada indolente y temblorosa
Cuando se desliza en mí la esperanza como un veneno

(Kama Kamanda. Luebo, Congo Democrático, 1952)

22 comentarios:

Rhiannon dijo...

Pajarillo, tú me despertaste
Enséñame a vivir
En un abismo yo te esperé
Con el abismo yo me enamoré
Pájaro, me despertaste
Pájaro, no sé porqué
Mírenme, a la vida vuelvo ya
....

(canta Lhasa De Sela)

Ema Pires dijo...

Amiga Rhianon,
Bonito poema, gracias por publicarlo en mi blog. Gracias por tu amble visita.
Un abrazo

avelaneiraflorida dijo...

Querida Ema!

Um poema tristemente lindo! mas que,por estranho encantamneto, nos conforta....
A imagem talvez...seja ela a responsável por essa alternãncia de sentimentos!!!!

De cada vez que aqui chego...sinto-me tão bem!!!!

"BRIGADOS",Bjks

gasolina dijo...

Ai Amiga!
Tenho o coração disparado de tanta beleza!
Obrigado, obrigado, obrigado!!!
Es puro veneno!

Aqui vejo como sou ignorante das palavras!

Obrigado, Amiga de Fogo!
Um beijo muito sentido.

Ema Pires dijo...

Olá amiga Avelaneira,
Tenho estado com muito trabalho e por isso deixei um bocadinho delado o meu blogue, mas vejo estes comentários e fico tão feliz.
Também gosto muito do teu cantinho querida amiga.
Um grande abraço

Ema Pires dijo...

Amiga Gasolina,
Obrigada, obrigada, obrigada eu pelo que dizes e tu precisamente nao és ignorante das palavras porque as utilizsas maravilhosamente bem.
Estes poemas africanos sao por vezes bastante difíceis de traduzir, porque sao outras linguajens e outras estruturas mentais, mas mesmo assim, sao excepcionais, justamente por expressar setimentos de maneira diferente.
Beijinhos para ti amiga de Fogo

gasolina dijo...

Deixo um beijo.
E de novo li.
Profundamente belo.

papagueno dijo...

Lindo, mais um belo poema. � �ptimo vir aqui conhecer novos autores que de outra maneira nunca teria ouvido falar.
Beijos

gasolina dijo...

Passei para te deixar um beijo, desejar-te um fim de semana fantástico.

Mas, voltei a ler este belo poema e o coração agitou-se da sua força.

Fazes falta!

Um beijo, Ema de Fogo

Mário Margaride dijo...

Querida amiga,

Passo, para desejar-te um bom Domingo, e dar-te um grande beijinho

Menina_marota dijo...

Profundamente BELO este teu Blogue.
Comovi-me quando aqui entrei, porque me recordei de Angola, terra onde vivi tantos anos e me deixou imensas saudades...
A imagem desse pôr do sol é magnifica!
É tua a foto?

Permites-me que te linke? Assim não perderei o caminho para cá.

Bj e boa semana ;))

gasolina dijo...

Deixando um beijinho e desejos de uma óptima semana onde quer que estejas, Amiga Fogo.

Victor Nogueira dijo...

Olá :-)
Como sempre a foto é bela, apesar da falta de variedade da cor. O poema é ... como dizer, triste e, tal como a foto ... outra vez a falta da palavra certa ... melancólico? - não, é mais que isso .... desolado? ... desencantado? Olha, é uma mistura!
Gostei que voltasses e de «ver-te»
Bjo grande
Victor Manuel

Ema Pires dijo...

Amiga gaslina,
Nestes momentos estou maisou menos de férias e é o "farniente" total. Depois de um ao muito agitado parece que preciso de uns dias sem fazer absolutamente nada. Mas voltarei com mais coisas de Africa. Obrigada por escrever. ¡Eres un sol!
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Muito obrigada amigo Mário.
Dias felizes para ti.

Ema Pires dijo...

Menina Marota,
Obrigada pela sua visita. Pode pôr o meu link naturalmene. Eu vou pôr o seu.
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Amigo Victor Manuel,
Este poema é triste, mexe algo dentro da alma e a fotgrafia é à imagem do poema, melancólica e algo sombria.
Beijinhos e obrigada pela visita.

gasolina dijo...

Saudades, Ema!

Beijinhos!

gasolina dijo...

Amiga Fogo!

Fico feliz por ti!
E sei que na tua volta me irás regalar com novos odores de poesia!

Fico à espera com saudades!

Um beijinho grande e bom descanso!

© Piedade Araújo Sol dijo...

BAOBAB gostei da defini�ao, n�o sabia, hoje aprendi mais uma coisa.

Gostei de andar aqui...

Ema Pires dijo...

Amiga Gasolina,
Vou ver se me dexo de tanto farniente e faço alguma postagem. Obroada por voltar de vez em quando.
Bjs

gasolina dijo...

Fiquei tão feliz do teu "Olá"!!!

Tenho saudades confesso, mas deixa-te estar! É precisar carregar baterias para aguentar mais um ano1
Sei que nos vais compensar a todos aquando do teu regresso.

Até lá, recebe beijinhos desta amiga Fogo