martes, 24 de julio de 2007

CUÉNTAME


Cuéntame
La palabra del Griot
Que canta el Africa
De los tiempos inmemoriales
Él habla
De esos pacientes reyes
Sobre las cimas del silencio
Y de la belleza de los viejos
Con abatidas sonrisas
El pasado rememorado
Desde el fondo de mi memoria
Como una serpiente tótem
Enredada a mis tobillos
Mi soledad
Y mis esperanzas rotas
Qué daré a mis hijos
Si he perdido sus almas?
(Véronique Tadjo. Costa de Marfil)

25 comentarios:

Victor Nogueira dijo...

Olá
Também adoro Lisboa, embora tenha nascido em vivido em Luanda e em muitos outros síios - de Portugal Continental.Num post em Kant_O_Ximpi, sobre Luanda, falo no impossível retorno. Gostei do teu.Vim para Setúbal pk me faz(ia)lembrar a minha terra natal
Parece-me que BAOBAB é o imondeiro de Angola, pelo aspecto.
Um abraço
VN

Ema Pires dijo...

Amigo Victor,
Eu viví muitos anos em África, mas na parte oeste (ex-África occidental francesa) e a minha família paterna é de Cabo Verde. Assim que estou muito ligada a Árica.
Vou ver esse post, para saber mais sobre Luanda.
Um grande abaço e volte sempre.

Ema Pires dijo...

Puz um link para o seu blogue no meu.
Beijinhos

Vieira Calado dijo...

Vou também ajuntar o seu, aos meus links.
Obrigago

Victor Nogueira dijo...

Bi-Olá :-)
Creio que tinha feito uma apreciação ao teu blog, à sua limpidez e claridade. Se a não fiz, aqui fica, porque assim me parece correcto.
Intrigou-me o nome do teu blog "ilhadofogo", mas já percebi.
Grato por mencionares o meu blog, mas tenho uma pequena rectificação a fazer. O Nome é "Ao (es)correr da pena". Num poema meu digo que sou «o malabarista do verbo bordejando a chama"
Se é correcto dizê-lo, o teu blog é um daqueles pelo qual me "apaixonei" ou "seduziu". Os meu são mais "pesados", menos concisos, apesar do meu amor à concisão.
Um abraço
Victor Manuel

Ema Pires dijo...

Muito obrigada caro amigo Victor Manuel.
Agradeço as suas palavras tao bonitas sobre o meu blogue.
Imagino que a concisao é devida à minha educaçao francesa e cartesiana.
Nao encontro nada o seu blogue "pesado", pelo contrário, há alguns que sim, que sao pesados e algo confusos, mas o seu nao faz parte deles.
Também vou corrigir o nome do link. Peço disculpas.
Um abraço

Ema Pires dijo...

Amigo Vieira Calado,
Obrigada pelo link.
Aconselho mesmo que se visite o seu blogue, pela originalidade e a documentaçao. Cada dia vou sonhar pelas galaxias graças ao meu amigo.
Um abraço

avelaneiraflorida dijo...

Que os "griots" continuem a cantar aqui para todos nós...

ADOREI!!!!
Fiz uma cadeira de História da Africa Negra com a profª Isabel Castro Henriques e descobri coisas lindas...entre elas os "griots"...
que aqui reencontro!!!!

"Brigados", Querida Ema!!!!
Aprendo coisas tão maravilhosas naquilo que partilha connosco!!!!
BJKS

gasolina dijo...

Esperanças quebradas nunca, nunca!
Pois se é isso que nos move.

Mais um poema, mais um encantamento.

Deixei-te um desafio no meu campo.
É teu se o quiseres agarrar.

Um beijo, Amiga Fogo

gasolina dijo...

Ema do Fogo,

Passa lé pelo meu canto: um desafio espera por ti.

Beijinhos, Amiga!

Mário Margaride dijo...

Amiga Ema,

Estive em Africa (Angola), e conheço alguns desses gritos, que aqui nos fazes chegar.

Adorei esa imagem fabulosa! Desse animal que admiro, o Elefante.

Beijinhos

Ema Pires dijo...

Amigo Mário,
Bem-vindo ao meu cantinho africano. Eu tenho uma especial fascinação pelos elefantes, a sua organização e inteligência, e também essa força poderosa que transmitem.
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Olá Gasolina,
Vou passar pelo teu cantinho.
Beijinhos

gasolina dijo...

Vim só para ver o elefante.

Mas deixo beijinho para ti, claro! Ema do Fogo!

Ema Pires dijo...

Olá amiga gaslina, fogo fogo,
Podes visitar o meu elefante quando quiseres. É pacífico e podes dar-lhe umas cenouras ou até chocolate.
Podes ver que ultimamente estou mesmo com muito que fazer e nao me estou a ocupar do meu blogue, mas já terei mais tempo. Peço mil vezes perdao.
Beijinhos.

Rhiannon dijo...

A beleza, a força de África!!
Lindo, lindo poema!!

Ema Pires dijo...

Obrigada pela sua visita amiga Deusa dos Cavalos.
Beijinhos

papagueno dijo...

Que lindo. Obrigado Ema porque nos dás a conhecer o melhor da poesia africana.
Beijos

gasolina dijo...

Ema,

Não peças perdão!

Basta que me desvendes um dos teus Poetas maravilhosos e logo fico rendida!

Beijinho e óptimo FDS

Ema Pires dijo...

Amigo Papagueno,
Obrigada pela sua visita e as suas palavras.
Já irei postando mais textos e poemas de escritores, dessas terras.

Ema Pires dijo...

Querida amiga gasolina,
Mando um abração.

Victor Nogueira dijo...

Olá :-)
Enfim, esperemos que o elefante não comece a bramir com tanta visita diária a desassossegá-lo.
Um abraço
VM

Ema Pires dijo...

Querido amigo,
Estou de férias e durante uns dias nao vou estar no blogue. Espero qu volte e aqui a pouco.
Um grande abraço

gasolina dijo...

Ema de Fogo,

Sinto a tua falta, a dos teus poetas, a das tuas gravuras de terra vermelha!

Deixo um beijo grande, Amiga!

Ema Pires dijo...

Amiga de Fogo,
Obrigada pela tua visita que me estimulou a pôr um poema bonito, mas também triste.
Beijinhos Gasolina.