lunes, 9 de julio de 2007

"NÃO MATARAS"!

"Não Matarás"! As outras formas não as imaginou Deus.

Nemer Ibn El Barud

13 comentarios:

Freyja dijo...

uiiii me encanto el video, ojala pararamos la violencia asi y todo fuera paz
un buen comienzo de semana y que estes muy bien
besitos


besos y sueños

papagueno dijo...

Um vídeo muito bom da AI que já passou pelo bairro.
Beijinhos

avelaneiraflorida dijo...

Já postei este video no meu cantinho!

È um GRITO, Uma VOz que se ergue em nome de todos os que sofreram/sofrem com a ignominia e excesso de poder do dito ser humano!!!

Obrigada, poe este post,querida EMA!

Ema Pires dijo...

Amiga Freyja,
Que se cumpla lo que tu dices, pero lo veo difícil. Los seres humanos somos capaces de lo peor con nuestros congéneres.
Gracias por visitarme.
Un beso

Ema Pires dijo...

Amigo Papagueno,
Este vídeo foi-me enviado pela Amnistia Internacional e achei bem colocá-lo no meu blogue. É bastante duro de ver, mas é a crua realidade.
Um grande abraço

Ema Pires dijo...

Querida Amiga Avelaneira,
Este vídeo deveria estar por toda a blogosfera para ver se reagimos e todos actuamos para parar esta ignomínia. Dá vergonha percenter ao genro humano.
Beijinhos

gasolina dijo...

DE quando em vez há que rasgar os olhos!

Para se ver!!!

Um beijo Amiga de Fogo

Joana DÁrc dijo...

A violência convive com todos pelo mundo. E todos devemos lutar contra ela. Parabens amiga.
Beijo

Mário Margaride dijo...

Olá Ema,

Belíssimo este vídeo!
A não violência: deveria estar na mente, e no coração de todo o ser humano.
Infelizmente, a ganância, e o poder, têem mais força.
Mas nunca devemos baixar os braços, e calar a nossa voz.

Beijinhos, amiga Ema

gasolina dijo...

sei que deves estar por Lisboa.

mas não impede que te deixe um beijo.

até à volta Ema de Fogo

Ema Pires dijo...

Hola Gasolina,
Pois sim, é dificil ver a crua realidade do ser humano, contra outro ser humando.
Sim cheguei a Lisoa, maravilhosa cidade, estar tarde.
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Amigo Mário,
Devemos sempre intentar fazer ouvir a nossa voz, mesmo se ás vezes é como gritar no deserto.
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Querida Amiga Joana,
Cheguei a Lisboa esta tarde, depois de dois dias muito agradáveis pela Serra da Estrela.
Um beijinho
Ema