domingo, 6 de abril de 2008

AREIAS




A zona das areias é o país da iniciação.
Se ninguém nos guiar afundamo-nos nelas.
Afundar-se é cair nas armadilhas da rota.
Tomamos por meta o que só é uma miragem.
Pensamos que chegámos, mas estamos atolados.
Por isso precisamos de um guia seguro.


Tradição oral Peul

11 comentarios:

papagueno dijo...

Olá já tinha saudades. Excelente regresso com a magia das areias do deserto.
Beijos

Carilisve dijo...

¡Hola Ema!
Siempre necesitaremos guías confiables.Bonitas fotos.
Besos

Ema Pires dijo...

Amigo Papagueno,
Obrigada pela visita. Vejo que ainda nao te esqueces-te de mim, a pesar de eu estar tanto tempo sem voltar ao blogue por motivos de trabalho.
Obrigada pelo comentário e pela amizade.
Beijinhos

Ema Pires dijo...

Hola Carilisve,
Gracias por no olvidarme y por tu agradable visita. Voy intentar empezar de nuevo a poner alguns cosas en mi blog que he tenido muy abandondo ultimamente por motivos de trabajo. Estoy casi siempre de viaje.
Un abrazo

ANTONIO DELGADO dijo...

ola viva Ema,

Tenho um fascinio muito grande pelo deserto. Muito tempo da minha vida cheguei a pensar em ir para esse espaço de solidão e de vazio, para viver com uma tribo tuareg. Imaginava caminhar por esses espaços nas costas de um camelo, vestido de azul com um turbante na cabeça e apenas os olhos descobertos e tomar muito chá. Durante um par de anos esta ideia perseguia-me mas nunca chegou a acontecer, apesar dela ainda emergir por vezes. Sei que conheces muito bem o deserto dai as tuas recomendações até porque o deserto também pode ser uma espaço para uma viagem sem retorno, como aconteceu ao heroi do filme " el cielo proctetor", de todas as formas o fascinio por ele continua.

Um beijo
António Delgado

Ema Pires dijo...

Olá António,
Pois nao está tao longe como para nao ires. Se quisees eu faço de guia para ti.
Obrigada pelo teu bonito cometário.
Beijinhos

Vieira Calado dijo...

Fotos duma geografia quase irreal.
Espectacular.
Um abraço

gasolina dijo...

Essas fotos são de tirar a respiração!

E mais um texto fantástico, cehio de duplicidades e tão comum com as "areias" movediças da vida.

Um beijo, Amiga de Fogo
Bom saber-te de volta!

Ema Pires dijo...

Amigo Vieira,
Obrigada pela visita e fico contente por ter gostado das imagens. O deserto é muito fotogénico!
Bjs.

Ema Pires dijo...

Amiga Gasolina,
Tenho um especial fascinio pelo deserto, já que estive a viver muitos anos em Marrocos e ia muitas vezes viver uns 15 dias com os beduinos no deserto, ou com os Tuareg.
A paisagem está sempre a mudar de cores segundo a hora do dia. É maravilhoso. E a conversa à volta de uma fogueira à noite, sao momentos que nunca se podem esquecer. Tenho sempre saudades dessa gente e do seu mundo.
Beijinhos

Siry dijo...

Hola amiga

Tengo algo para ti en mi casita, puedes ir a retirarlo cuando quieras.
He hecho cambios y tiene nueva imagen

Un abrazo