domingo, 9 de septiembre de 2007

VI-TE PASSAR



Vi-te passar, longe de mim, distante,
Como uma estátua de ébano ambulante;
Ias de luto, doce, tutinegra,
E o teu aspecto pesaroso e triste
Prendeu minha alma, sedutora negra;
Depois, cativa de invisível laço,
(o teu encanto, a que ninguém resiste)
Foi-te seguindo o pequenino passo
Até que o vulto gracioso e lindo
Desapareceu, longe de mim, distante,
Como uma estátua de ébano ambulante.

Caetano da Costa Alegre

18 comentarios:

avelaneiraflorida dijo...

Que belissimo poema!!!!
e esta escultura...magnífica!!!!

Encontro sempre, aqui, tesouros preciosos, Querida Amiga!

Continuação de bom trabalho, se for o caso!!!!

Bjks

ANTONIO DELGADO dijo...

Linda descrição de um sentimento, daqueles que se vivem no silêncio...quantos vivemos assim?

A escultura é quase igual aquela que tenho na minha casa.

Um beijinho e bom começo de semana.
Antonio

Tía Doc.- dijo...

Totalmente de acuerdo con los dos comentarios anteriores, me resta decir, Ema, que cada ver que entro a tu blog y me dejo empapar en tu rincones de poesías, acompañada por las bellas esculturas que siempre nos regalás, me genera mucha calma a mi espíritu, me gusta mucho pasearme por aquí.
Un gran abrazo, desde Valladolid.

Ema Pires dijo...

Hola Tia doc,
Gracias por tu visita y por tu agradable comentario. Finalmente es exactamente lo que busco, un rincón de paz, para olvidar las tragedias de mundo.
Un beso

Ema Pires dijo...

Amiga Avelaneira,
Obrigada pela visita. Este poema gostei por descrever tao bem um momento, vendo passar a mulher amada.

Ema Pires dijo...

Querido António,
Efectivamente, a estátua lembrou-me a que tu tens e que é linda. Obrigada pela visita e pelos teus comentários sempre tao certos e agradáveis.
Beijinhos

Carilisve dijo...

Hola Ema!
A pesar qu había leído algunos comentarios tuyos en el Blog de Tía Doc, no me había tomado el tiempo de detallar tu blog.
Lo primero que debo decir es que me agradó el diseño (el tema musical está perfecto),lo segundo que me llamó la atención fue el nombre Baobab,pues hace un tiempo ví un documental sobre este impresionante árbol y me quedó grabado tanto el nombre como las imágenes del mismo.
Entiendo un poco de portugués, pero debo leerlo en voz alta para comprender mejor lo escrito,aunque existen palabras que desconozco (obviamente).
Lo colocaré en la lista de mis blogs.
Um beijinho...

Velasquez dijo...

Belo poema, bela escultura:)



seria possivel fazer um post sobre o lançamento do meu livro?
se n se importasse colocaria um igual a este, com os links e a imagem tb:

http://blogdapontamentos.blogsome.com/2007/09/11/

Estou lhe desde já mt grato. E claro, espero que apareça. Se nao for em Lisboa, depois no algarve:)

abraço
cumps

Ema Pires dijo...

Amigo Velasquez
Farei uma postgem sobre o seu livro, e peço que me deixe pôr um dos seus poemas.
Obrigada pela visita e pela distinçao.
Um abraço

Ema Pires dijo...

Amigo Carilisve,
Estoy encantada con tu visita.
Este es un lugar de paz y, espero de belleza, donde dejo cosas para olvidar este mundo a veces muy cruel donde vivimos.
Así que bienvenido, vuelve siempre que quieras.
Un abrazo

Um Momento dijo...

A escultura é linda
O poema é divinal
Parabéns!!
Um sorriso e o desejo de uma serena noite
(*)

Velasquez dijo...

obg por isso:)

entao qd puderes faz a noticia:)

bj

papagueno dijo...

E são tão lindas as estátuas de ébano. beijos.

Ema Pires dijo...

Olá Papagueno,
Obrigada pela visita. Estive no teu blogue e gostei muito do tango.
Bjs

Victor Nogueira dijo...

Um aceno apenas, como diz o Alberto Caeiro. Nem tudo o que admiramos tem forçosamente de ser expresso por palavras, tantas vezes imperfeitas. Assim como uma foto pode ser mais eloquente que mil palavras, um gesto pode ter mais significado que ... mil palavras.
Portnato, fica apenas um «Olá, como estás? Gostei de ver-te!»
Bjo
VM

Ema Pires dijo...

Para Um momento,
obrigada pela visita, que é sempre muito agradável. Ultimamente ando com muito trabalho e viagens e às vezes esqueço-me de agradecer algum comentário; peço disculpas. Sabem que sao sempre bem vindos.
Bjs

Ema Pires dijo...

Amigo Victor,
Obrigada pelo comentário tao bem expressado. É verdade que algumas vezes até é melhor nao dizer nada. Um olhar basta.
Bjs.

C Valente dijo...

Belo poema
Saudações amigas